Parks And Recreation – 1ª Temporada (2009)

Título Original
Parks And Recreation

Género
Comédia

Criadores
Greg Daniels e Michael Schur

Argumentistas
Harris Wittels, Katie Dippold, Alan Yang, Aisha Muharrar, Norm Hiscock

Elenco
Amy Poehler, Nick Offerman, Aubrey Plaza, Chris Pratt, Aziz Ansari, Rashida Jones


Um documentário falso e cómico que segue o departamento de parques de Pawnee, uma pequena cidade de Indiana, à medida que eles tentam realizar os seus projectos enquanto se deparam com inúmeras e hilariantes peripécias e obstáculos.


Ao fim da série The Office, versão americana, ter sido concluída em 2013, senti um vazio.
Sinto sempre isso quando uma série que acompanho durante tanto tempo chega ao fim. Especialmente uma série tão boa como essa conseguiu ser. É normal que tenham havido episódios mais fracos e ter chegado a um ponto em que não seria possível continuar, aliás se tivesse acabado uma ou duas temporadas antes, seria compreensível.
Ainda assim, quando olhamos para o legado que criou ao longo das suas nove temporadas, é inegável a qualidade que tentou sempre manter, com personagens hilariantes, interessantes e adoráveis.

Assim, encontrar Parks And Recreation, que tinha começado em 2009, foi uma surpresa enorme, especialmente por ambas as séries terem Greg Daniels e Michael Schur na linha da frente.

Quando esta série foi planeada, seria supostamente um spin-off de The Office, até que decidiram manter apenas o aspecto de documentário e criar uma história completamente independente com personagens novas.
Foi a decisão correcta, e P&R é sem dúvida alguma uma das melhores séries de comédia que já tive o prazer de ver.
E apesar de a estar a rever por aquela que é a segunda ou terceira vez, deixando passar tempo suficiente, continuo a rir e a apaixonar-me pelas personagens em todos os novos episódios que revejo.

Uma série precisa de ter uma história interessante para conseguir criar um grupo de seguidores e ter tracção suficiente para alcançar as várias temporadas que pretende, mas quando a história não é a prioridade, ter personagens que o público goste é absolutamente fulcral.
E é esse o ponto principal de P&R, todas as personagens desta série, cada uma à sua maneira com o seu comportamento absurdo e peculiar, se tornam pessoas que adoraríamos conhecer e com as quais seria um prazer conviver.
Até aquelas que são criadas com o único objectivo de serem irritantes, e em alguns casos antagonistas, continuam a ser extremamente cómicas.

Foi uma série que teve 7 temporadas.
Na sua maioria, tiveram 23 episódios ou a rondar esse número.
Contudo, a primeira teve apenas 6, a terceira teve 16 e a sétima teve 13.
No caso da primeira e da terceira temporada, o número de episódios foi mais curto devido a Amy Poehler estar grávida, na última temporada terá sido apenas por ser a última e a conclusão exigir menos desenvolvimento.

Esta primeira temporada é a mais fraca das sete, apesar de continuar a ser muito cómica e servir como uma óptima introdução para a relação entre todas as personagens.

Mas nota-se que ainda não tinham definido o rumo que queriam realmente seguir.
Há várias personagens que sofreram alterações para a segunda temporada e foram transformadas em algo diferente, e sem dúvida mais adequado.

  • Retta, que interpreta Donna, foi uma personagem que sofreu uma transformação completa. Não só em aspecto, mas especialmente em comportamento. Na primeira temporada, é mais uma figurante que outra coisa. Tem poucas falas e aparenta ser alguém muito calmo e conservador. Na segunda, é uma mulher extremamente extrovertida, liberal e confiante na sua própria pele. Uma pessoa que adora tudo o que seja mainstream e sabe exactamente o que quer.
  • Jim O’Heir, que interpreta Jerry, na primeira temporada é tratado como Donna, um simples figurante com pouca ou nenhuma participação.
    Na segunda evolui para uma das personagens “principais”, é aquele membro do grupo que todos adoram tratar mal ou que desvalorizam, e tudo isso resulta em comportamentos absurdos, que irão fazer o espectador sentir pena de Jerry ao mesmo tempo que riem com o resto das personagens.
  • Por fim, Chris Pratt que interpreta Andy Dwyer.
    Custa a crer que esta mega estrela cheia de talento ainda por descobrir foi a dada altura um desconhecido, mas a verdade é que nesta altura o seu currículo consistia principalmente em personagem secundária ou menos, em comédias de pouca qualidade.
    A ideia inicial seria que Andy participasse em alguns episódios da primeira temporada e depois fosse eliminado do elenco, mas tornou-se tão popular que decidiram meter como uma das personagens recorrentes da segunda temporada.
    Isto mudou o rumo da série, e sem dúvida a sua carreira.

O resto do elenco principal é constituído por Leslie Knope (Amy Poehler), Ron Swanson (Nick Offerman), April Ludgate (Aubrey Plaza), Tom Haverford (Aziz Ansari) e Anna Perkins (Rashida Jones).
Todos eles, cada um à sua maneira, enriquecem a série, o elenco e a história de uma forma insubstituível e inegável.

Esta primeira temporada é muito curta, e como disse, algumas das personagens não estão desenvolvidas no sentido em que irão ser tratadas no resto da série.
Contudo, continuo a recomendar que a vejam em vez de passaram directamente para a segunda, já que fornece informação importante para a narrativa, mas acima de tudo, explica a forma como várias das personagens vão criar relações e laços entre si.


Veredicto Final: 7/10

Em apenas seis episódios consegue apresentar personagens interessantes e cómicas, que nos fazem querer saber mais sobre quem são e o que irão fazer de seguida.
Foca-se nas personagens, nas suas relações e de que forma todas elas irão criar ou quebrar certos laços, à medida que cria uma introdução credível e oferece uma motivação base a Leslie Knope, a personagem mais importante da série.
É a temporada mais fraca da série, mas ainda assim consegue fazer em pouco tempo aquilo que muitas não conseguem em várias temporadas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s