Dois Tiros (2013)

Título Original
2 Guns

Género
Acção

Realizador
Baltasar Kormákur

Argumentista
Blake Masters

Elenco
Denzel Washington, Mark Wahlberg, Paula Patton, Edward James Olmos e Bill Paxton


Dois supostos criminosos decidem assaltar um banco onde o chefe de um cartel guarda o seu dinheiro. Contudo, o dinheiro que encontram lá é uma quantia muito superior à esperada, e é então que revelações chocantes começam a acontecer, não só sobre eles, mas todos os envolvidos.


Baseado na novela gráfica com o mesmo nome, escrita por Steven Grant, 2 Guns é um dos raros filmes que consegue ser cliché e seguir uma fórmula gasta e expectável sem nunca se tornar aborrecido e perder a diversão louca que o caracteriza.

Ao fim da colaboração anterior de Baltasar com Wahlberg deixar a desejar, esta sua reunião com  Denzel a juntar-se à equipa oferece um filme carregado de acção, humor e explosões em dose suficiente para entreter a sua audiência de forma bastante satisfatória.

Este argumento esteve na Blacklist de 2009, o que me deixou muito surpreendido, porque é uma das partes aparentemente mais fracas do filme.
E se a culpa não for do argumento então terá de ser o realizador que não o soube interpretar, ou que decidiu alterar algo.

Não me levem a mal, eu gostei do filme, e se ignorar este aspecto em relação ao argumento, a realização de Baltasar é apropriada e consegue dar ao filme um ambiente perfeito para aquilo que ele quer ser.
Mas para o argumento estar a dada altura na lista de melhores argumentos por produzir, sou levado a crer que ele teria mais qualquer coisa do que aquilo que nos é mostrado.

No filme que temos aqui, as personagens estão todas por desenvolver e pouco aprofundadas, temos apenas uma delineação muito superficial de quem são e das motivações que as caracterizam. Umas são motivadas por honra, outras por ganância e outras por amor, e é tudo tão simplista quanto isso.

É um filme que segue a fórmula de tantos outros, nomeadamente filmes dos anos 80 como Lethal Weapon, por exemplo. Tem todos os clichés e mais alguns, com as explosões e inúmeros tiroteios para os apoiarem.
Mas o seu maior defeito é a tentativa falhada de querer ser inteligente. As reviravoltas são tantas e tão frequentes que na tentativa de surpreender a sua audiência a história tropeça constantemente em si mesma, nenhuma revelação tem tempo suficiente para ser desenvolvida como seria suposto e apropriado porque logo a seguir há outra revelação.
As personagens mudam de lado tão rapidamente que até elas próprias parecem sentir-se confusas com o que está a acontecer.

Pessoalmente, o argumento beneficiaria de alguma simplicidade na história.
Menos reviravoltas e um desenvolvimento mais linear, permitindo ao filme ser tão divertido e louco como quer ser, sem ter de se preocupar com tantos twists.
A quererem manter essas revelações todas, deveriam ter abrandado na acção e desenvolvido a história com mais calma e possivelmente mais elementos dramáticos, de forma a dar poder a tudo o que acontece, em vez de ser apenas confuso e irrelevante.

Mas, 2 Guns consegue ultrapassar facilmente todas as limitações que o argumento ou a realização possa ter, graças ao elenco talentoso que conseguiu aqui reunir.

Como já mencionei, as personagens não são desenvolvidas nem aprofundadas, mas são extremamente divertidas e carismáticas.
O diálogo e todo o ambiente em que acção se desenrola é delicioso e o elenco consegue capturar toda essa vibração e transportá-la para o ecrã na perfeição.

Wahlberg e Washington são dois lados da mesma moeda, e apesar de Denzel ser um pouco mais sério e contido, ambas as personagens são divertidas, loucas e cómicas.
Wahlberg pode conseguir oferecer mais gargalhadas à audiência devido à sua grande extroversão, mas não há necessariamente um único membro a ser o alívio cómico.
A química destes dois actores talentosos carrega o filme na perfeição, e rodeados por um forte elenco secundário, entregam um produto final que vale a pena ser visto e revisto.

Paula Patton tem aqui um papel extremamente sensual e o seu à vontade com Washington é notório, ao fim de já terem trabalhado juntos em Deja Vu.
Edward James Olmos é tão ameaçador como divertido e só James Marsden é que poderá ser a personagem mais oca e desnecessária.
Bill Paxton é alguém de quem é impossível não gostar, e apesar de interpretar aqui uma personagem detestável, fá-lo com tanto charme e carisma que se torna facilmente um dos melhores aspectos deste filme. Um actor extremamente talentoso, e um ser humano ainda melhor, que quando faleceu este ano deixou um grande vazio no ecrã e nos corações de todos nós.

2 Guns faz-me lembrar o filme The Loosers, também ele baseado numa novela gráfica.
Têm clichés e argumentos que seguem fórmulas estabelecidas por outros filmes, mas que graças a personagens divertidas e carismáticas e actores com qualidades semelhantes, conseguem não só oferecer um bom momento, como têm capacidades para serem revistos sem se tornarem aborrecidos.

O filme não quebrou recordes de bilheteiras nem teve necessariamente uma abertura impressionante, mas conseguiu o suficiente para a dada altura se falar numa possível sequela.
Contudo já há vários anos que não se ouve mais nada em relação a isso, o que pode muito bem significar que a ideia tenha sido abandonada, o que é algo infeliz, já que havia aqui potencial para uma boa trilogia de acção.


Veredicto Final: 7/10

É um filme extremamente divertido e carregado de acção.
Com um elenco fabuloso e uma química impressionante entre Wahlberg e Washington, 2 Guns consegue vencer quaisquer falhas que o argumento tenha devido às suas personagens divertidas e carismáticas.
Um filme que pode ser visto e revisto sem se tornar aborrecido.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s