Win It All (2017)

Título Original
Win It All

Género
Comédia

Realizador
Joe Swanberg

Argumentistas
Jake Johnson e Joe Swanberg

Elenco
Jake Johnson, Aislinn Derbez, Morgan Ng, Joe Lo Truglio e Keegan Michael-Key


Eddie Garret aceita guardar um saco para um conhecido seu que vai para a prisão.
Quando descobre que esse saco está cheio de dinheiro é incapaz de resistir à tentação e de controlar o seu vício em apostas e jogos de sorte.
Com o dinheiro todo gasto e o seu dono a sair da prisão mais cedo, Eddie tem uma janela de tempo muito curta para recuperar a pequena fortuna.


Win It All é um filme difícil de criticar.
Por um lado tem um forte prestação de Jake Johnson e um argumento curto mas coerente e lógico; por outro é uma história que já vimos inúmeras vezes, o que torna este filme não só previsível como um pouco “desnecessário”.

É apenas uma nova colaboração de Johnson e de Swanberg, e se não fosse pela Netflix, duvido que houvesse algum estúdio disposto a financiar o projecto.
Não é que o filme seja mau, porque não é, mas não acrescenta absolutamente nada ao seu género ou à história que trata.

Tal como em tantos outros, temos aqui um homem que já se encontra no fundo do poço, consegue ainda assim encontrar mais problemas, e agora tem de fazer todos os possíveis para remediar a sua situação.
Pelo meio temos um interesse amoroso, amigos e família a querem ajudar e a nossa personagem principal a percorrer uma viagem emocional que será encerrada com ele a transformar-se em alguém mais maduro e responsável, que aprendeu a sua lição.

É um filme com um desenvolvimento muito lento, o que torna os seus curtos 88 minutos de duração parecerem em algo muito mais longo.
Contudo, não irei necessariamente apontar isso como um grande defeito, já que demonstra que houve calma no desenvolvimento da personagem principal, da sua situação e dos locais onde irá procurar encontrar uma saída.

Não deixa de ser irónico que o local onde irá encontrar a sua salvação seja um dos locais que causou tudo aquilo.
E pode haver aqui uma mensagem de perspectivas e contraste ou alguma filosofia de encerramento e um último adeus à vida anterior, mas seria uma mensagem igualmente poderosa se ele tivesse conseguido o dinheiro que necessitava de forma mais legítima e trabalhadora, demonstrando realmente o crescimento da personagem num sentido mais óbvio e notório.

As prestações são todas bem decentes, mas é Johnson quem carrega o filme e tem aqui possivelmente uma das melhores prestações da sua carreira.
É um actor charmoso que consegue oferecer tanto elementos cómicos como dramáticos, com a sua entrada na franchise da Múmia, ao lado de Tom Cruise, desejo que o futuro lhe comece a dar as merecidas oportunidades para brilhar.

Joe Swanberg é um realizador muito apologista de improviso e liberdade criativa, o que tornam todos os seus filmes numa experiência interessante, não só para o espectador mas para os próprios actores envolvidos.
Este é capaz de ser o seu filme com um argumento notavelmente mais bem estruturado e contido, e não posso dizer que seja uma má estreia.

A história, como já disse, não é novidade nem oferece nada de novo.
Contudo, a ver o filme como aquilo que é, e considerando-o como algo independente sem pensar em semelhanças com os restantes, é uma película com alguma qualidade.


Veredicto Final: 7/10

É uma nota que dou considerando apenas o filme em si, e tentando desligar-me da sua história genérica.
Johnson oferece uma das suas melhores prestações, num filme simples mas bem realizado, com um argumento previsível mas bem estruturado e contido, que se esforça por desenvolver a personagem e os elementos que a rodeiam.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s