Notícias 13#

As primeiras reacções a War for the Planet Of The Apes

As primeiras reacções a War for the Planet of the Apes já chegaram, e parecem ser extremamente positivas.

Quando a 20th Century Fox fez um reboot à saga de Planet of the Apes com Rise of the Planet of the Apes, protagonizado por James Franco, a audiência estava compreensivelmente receosa e com alguma suspeita.
Mas a forma como Rupert Wyatt abordou a história foi refrescante e surpreendentemente positiva, com efeitos especiais de grande qualidade e performances de motion-capture absolutamente fenomenais, especialmente por parte de Andy Serkis.

A sequela, Dawn of the Planet of the Apes, conseguiu superar o original e trouxe melhorias a tudo o que tinha funcionado no filme anterior, conseguindo ainda colocar importantes temas sociais, Matt Reeves decidiu, de forma bem inteligente, atacar todo o tema de armas e a forma como a sociedade usa e abusa delas.

Agora, para o suposto capítulo final desta trilogia que poderá muito bem ficar na história como uma das melhores dos últimos anos ou até mesmo de sempre, Reeves regressa à cadeira de realizador.
O filme vai continuar alguns anos depois dos eventos do filme anterior e encontra a guerra entre os humanos e os macacos nos seus últimos momentos.
Caesar agora lidera os macacos numa espécie de vingança contra o Coronel que Woody Harrelson interpreta, e tal como o filme anterior, a tensão estará bem alta.

O filme, como já disse, parece estar a ser bem recebido, apesar de ainda não ter sido lançada nenhuma crítica oficial devido a algum possível embargo por parte do estúdio.
Mas isto são óptimas notícias, não só para os fãs da saga, mas também para os fãs de Reeves que assim sendo vai lançado para o seu próximo trabalho, o filme tão esperado do Batman.


 

Michael Bay diz que Transformers: The Last Knight será o seu último filme na saga

Resultado de imagem para Michael Bay

No que toca à carreira de Michael Bay, cerca de 40% é ocupada por filmes dos Transformers.
E dado que cada um destes filmes demora sempre cerca de dois anos a completar, isso é sem dúvida muito tempo da carreira do actor ocupada com mesmo material.

Mas agora, com este seu quinto filme, Bay parece estar finalmente decidido a seguir em frente e a dizer adeus à franchise.

Ao falar com a Fandango, o realizador disse:

“These movies that I’ve done, they are massive movies. They take a lot out of you…”
“I’ve done it enough, and I’ve had a great time doing it. I’m going out with a bang on this one, and I feel like you gotta go out while you’re ahead, you know. I think I’ve had a good run, and I’ve got a lot of other movies I want to do.”

Agora, é necessário ter em conta que Bay já tinha dito algo semelhante ao fim do seu terceiro filme na saga, Dark of the Moon, e novamente ao fim de Age of Extinction, por isso isto é algo que pode ser apenas uma tentativa de gerar mais publicidade e interesse no filme e deve ser recebido com um grão de sal.

Pessoalmente, gostaria de o ver a fazer outras coisas.
Bay já revelou ter algum talento, com filmes como Bad Boys, Pain and  Gain e o seu mais recente 13 Hours. É alguém muito medíocre em grande parte, mas consegue divertir e construir algo relativamente decente de vez em quando, e acho que é possível evoluir, mas não a fazer Transformers.
Esta é uma saga que desde o primeiro filme foi piorando consecutivamente até chegar ao ponto de ser apenas um vómito constante de explosões e efeitos especiais.

Ele afastar-se, seria bom para a sua carreira e para a própria franchise que poderia ser revitalizada com um realizador mais talentoso e com uma visão diferente.


 

Trailer para Happy Death Day

Este é um filme que não sabia que estava para estrear, nem sequer tinha ouvido falar nele, mas fiquei muito curioso com este trailer.

É engraçado como Groundhog Day continua a inspirar artistas a adaptarem a sua premissa de forma diferente e “original”, ao fim do maravilhoso Edge of Tomorrow, de Doug Liman, este pode muito bem ser um filme a fazê-lo de forma diferente e com qualidade.

O trailer ao início parecia-me um pouco ridículo, mas assim que revelou o enredo, fiquei logo agarrado, e quando vi o nome Blumhouse Productions como estúdio produtor, soube que estava aqui algo bem interessante.

Aguardo este filme com muita ansiedade, parece misturar muito bem o horror e a comédia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s